Voltar à Página Inicial

Nooops...



O nosso amigo Luis deu a conhecer na entrada anterior o manifesto eleitoral de Mendes Palitos à presidência do Belenenses. Sem rodeios, que fique claro: a coisa não me convence, longe disso. Aliás, mais diria: começa a ser bestialmente cansativo ver estes manifestos em tempo de vésperas, que seriam (sub)escritos por qualquer um de nós, assim tivessemos tempo e vontade para avançar com uma candidatura.
Julgo não escapar à verdade se arriscar que os belenenses querem mais acção e menos conversa. Mais obra feita e menos promessas, que de boas intenções está o inferno cheio.
Para mais, estes lindíssimos textos - aos quais nunca escapa a (pré)anuncida vitória na superliga e a frase feita de devolver o clube aos associados (esta então deve ser mais velha que o senhor D. Miguel...) -, não só pouco dizem como se contradizem. A título de mero exemplo, ora atentem nesta passagem: "Assumiremos sem complexos a prioridade ao Futebol profissional , no respeito pelo nome do Clube, mas continuaremos a apoiar adequada e realisticamente outras modalidades onde exista maior potencial desportivo e perspectivas comerciais sólidas: Andebol, Basket, Natação e Rugby. Estudaremos a viabilidade económica do regresso em força ao Ciclismo. Estudaremos ainda a potencialidade do Futsal e do Hóquei, implementando prioritariamente a primeira que tão bons frutos está a dar;"... Não perceber que neste saco de gatos se defende o incompatível é grave, procurando apenas agradar a gregos e a troianos. Mas é sobretudo impensável para quem levasse a sério a promessa da conquista da superliga.
Pela minha parte - e em face dos dados conhecidos - bem sei que não há grande alternativa programática, sendo (re)conhecida a paixão que une Cabral Ferreira e as modalidades alegadamente amadoras. Eis a primeira razão para preferir a continuidade: o original costuma ser preferível à cópia. E se mais não houvesse, sempre prefiro votar em quem conheço e naqueles com quem abertamente simpatizo e me merecem consideração, por ser gente com trabalho feito.
A propósito, que pode ser impressão minha: Mendes Palitos, que se anuncia como regenerador do nosso futebol, esteve ou não na SAD ao tempo de Sequeira Nunes?



Enviar link por e-mail

Imprimir artigo

Voltar à Página Inicial


Weblog Commenting and 
Trackback by HaloScan.com eXTReMe Tracker