Voltar à Página Inicial

José Pedro, eu e todos pedimos reforços



José Pedro veio um dia destes alertar nas páginas do jornal A Bola pela urgente necessidade de introduzir reforços que compense o factor juventude da equipa do Belenenses.

Ele tem razão e teremos de assinalar que há que ouvir a experiência dos jogadores mais experientes do plantel do Belenenses.

Já o ano transacto, por estas alturas, andava-se pela blogosfera numa euforia pelos craques que andavam a desembarcar em contentores oriundos do Brasil, situação que o Silas em sucessivas intervenções tentava pôr água na fervura.

Intervenções estas que, a meu ver, geraram anti-corpos por parte de alguma massa associativa, sendo, no entanto certo, que no meu ver é um jogador útil a esta equipa.

Não foi ouvido, como é bom de ver, já que ninguém iria colocar em causa a suprema estupidez com que o plantel foi contratado e por quem foi contratado, querendo-me interrogar que alguém por esta altura alguém terá recebido choruda qunatia em comissões. Com os resultados que ficaram à vista.

Exorto, no entanto, aqui quer o Silas, quer a Direcção a tentarem chegar a uma plataforma de entendimento comum, por forma a dar continuidade à base do meio-campo, sendo certo que Silas tem, também, características ofensivas se lhe derem espaço.

E não foi ouvido, porque conseguiu-se eleger um supra-sumo de tudo e um par de botas, sendo que para o fulano o treinador treinava, os jogadores jogavam, os médicos curavam e ele mandava.

Mas não deixo de salientar que no ano transacto era tudo craques que se anunciavam para o Belenenses. E depois, os tais corredores secretos de Belém transformavam os iníúeis em pombos correio da novidade que estava para acontecer. Enfim...

Em valor, até eram, porque de um orçamento de € 6.000.000 passou-se rapidamente para uma verba de € 10.000.000, ou seja, um desvio a fazer chorar de inveja algumas obras faraónicas do Estado, não para ir à Europa como então se propalou aos quatro ventos ali dos lados do Topo Norte do Estádio do Restelo, mas para a descida de divisão, embora o autor de então tivesse de partilhar tal responsabilidade com outro inapto para a função que dá pelo nome de João Barbosa, cujos efeitos da sua "gestão" ainda se estão a fazer sentir e de que maneira e que em tempo aqui avisei.

O certo é que os desvios ao orçamento foram aqui amplamente avisados, por altura de Novembro, bem como se avisou da quase impossiblidade, com as receitas que temos, podermos satisfazer os salários até final da temporada.

E não foi por falta aviso que Luís Batista aqui nos refeiu isto:
1. A SAD factura ao Clube mensalmente uma importância de 150.000.00 mensais. Acontece que este contrato já devia ter sido revisto há uns anos, desde que as receitas da Sala de Bingo, publicidade e quotização reduziram.
2. Não consigo imaginar onde se vai arranjar dinheiro para fazer face a esse orçamento.
É completamente impossível cumprir e honrar esses compromissos.
O que mais lamento é que os responsáveis que assumiram este orçamento, vão sair impunes.


Louve-se aqui o esforço da actual direcção e da actual direcção da SAD em conseguir suprir, sabe Deus como, as insuficiências financeiras herdadas deste passado triste do Clube de Futebol "Os Belenenses", no qual se enraizou a idéia de haver dinheiro para tudo, menos para o futebol, o qual foi claramente o parente pobre daquele Clube, facae a nesfastas "gestões" que sobre nós se abateram, descapitalizando-se uma SAD que antes tinha activos interessantes.

E essa descapitalização assumiu foros de maior profundidade, quando em situação de aperto financeiro, antecipámos receitas extraodinárias a peços da uva mijona como foi o caso da venda total dos direitos de formação numa eventual transferência do Rolando, ficando por saber se tal medida foi, também ela, executada em relação ao Rúben Amorim.

Julgo que a actual SAD já percebeu que muitos dos participnates da próxima I Liga terão muitas dificuldades em constituir bons plantéis, não só poruque não há dinheiro, mas também pelo facto de haverem poucos jogadores de valia no mercado nacional que estejam disponíveis a participar nesta Liga, já que os salários em geral forma tabelados por baixo.

Pessoalmente, não me sinto "aflito" em que os jogadores cheguem de rajada, o que seria mau sinal, ou seria sinal da chegada de mais um contentor, o que é impensável.

Façam as coisas de molde a termos uma equipa que honre a nossa camisola, que deixe tudo em campo e não façam desesperar a malta, porque, carambas, o Silas faz falta.

Não só áquela equipa, que será jovem, mas também ao próprio Clube e suponho que bem iria o Belenenses em ficar com ele, já que ele é possuidor de nível avançado do curso de treinadores.

Etiquetas: , ,




Enviar link por e-mail

Imprimir artigo

Voltar à Página Inicial


Weblog Commenting and 
Trackback by HaloScan.com eXTReMe Tracker