Voltar à Página Inicial

Viana de Carvalho: Nem o melhor treinador do Mundo daria a volta à situação



Notas Prévias:

Confesso que ao ler isto, não sei se o presidente do meu Clube está preparado para dirigir o futebol.

Depois de chegar ao quase último lugar da tabela, depois de tantos avisos e alertas, ainda vem defender o "João Carlos".

Ora,favas para a conversa.


O presidente do Belenenses afirmou esta segunda-feira que a saída de João Carlos Pereira foi decidida de "comum acordo" e admitiu que, perante as dificuldades encontradas epla equipa de futebol, nem mesmo "o melhor treinador do Mundo daria a volta à situação".

"A administração da SAD reuniu-se com o treinador durante a madrugada, já em Lisboa, depois do regresso de Leiria, e foi uma decisão de comum acordo. Entendemos que alguma coisa deveria ser feita e esta foi a primeira opção", disse Viana de Carvalho à Agência Lusa.

A derrota frente à União de Leiria (1-0), a sexta da temporada, aliada ao facto de somar apenas uma vitória em 14 jornadas da LIga portuguesa de futebol, ditou a saída do treinador, que, no início da época, e após um bom desempenho ao serviço do Estoril, havia assinado um compromisso até 2011.

O dirigente máximo do clube do Restelo lembra que João Carlos Pereira "aceitou trabalhar em condições difíceis, tendo em conta as indefinições desportivas e financeiras que condicionaram o trabalho desde o início" e lamentou a onda de lesões que tem afectado o grupo de trabalho, condicionando as escolhas do agora ex-treinador.

"Quando se tem meia equipa lesionada, só temos disponível outra meia equipa. Com este enquadramento tão difícil, com um conjunto de situações que dificilmente se repetem noutro clube, nem mesmo o melhor treinador do mundo conseguiria dar a volta a esta situação”, referiu o presidente.

A administração da SAD vai agora encetar conversações para encontrar o novo responsável pela equipa de futebol, que estará contratado quando o plantel regressar das férias natalícias, ao que tudo indica antes do dia 28 de Dezembro.

O presidente não confirma se será português ou estrangeiro, apenas revela que quer "um treinador que tenha capacidade para inverter a situação negativa" e rejeita nova promoção do treinador dos juniores, Rui Jorge, à semelhança do que aconteceu no final da época passada.

"É o nosso treinador dos juniores e queremos que continue. Não vai fazer de bombeiro. Se quisesse ter continuado à frente da equipa principal teria continuado. Foi vontade dele. Está fazer uma boa época e não se coloca essa hipótese", reiterou.

Após mais uma derrota na Liga Sagres, o Belenenses (14.º classificado, com 10 pontos) vai fechar o ano de 2009 na zona de despromoção, tendo em conta que Leixões e Olhanense (15.º e 16.º, respectivamente) se defrontam hoje e qualquer que seja o resultado os "azuis" ficarão abaixo da "linha de água".

Etiquetas: , ,




Enviar link por e-mail

Imprimir artigo

Voltar à Página Inicial


Weblog Commenting and 
Trackback by HaloScan.com eXTReMe Tracker