Voltar à Página Inicial

As escutas



Muito se tem dito e, sobretudo, escrito sobre o mais recente fenómeno da célebre, por razões negativas, da ditaJustiça Portuguesa.

De facto, a as escutas, estando em segredo de justiça, não deviam ser objecto de serem trazidas ao conhecimento público.

Mas estamos fartinhos de verificar que em Portugal o crime compensa nas algibeiras dos donos dos jornais.

Adiante...

Sabemos todos que foram feitas miles escutas à volta de escutas do não menos célebre caso do Apito Dourado.

Da produção de prova de que de facto houveram crimes cometidos à volta da aquisição de resultados....na Secretaria de quem, de facto, manda no Futebol Profissional cá do burgo, concluíu-se pela listagem de cerca de 170 suspeitos.

Deste número, e depois da entrada do factor político no Apito Dourado, converteu-se a coisa em cerca de 30 arguidos, dando origem ao chamado Apito Final.,situação com a qualHermínio Loureiro prometera, enquanto Secretário de Estado para a Juventude e Deporto, urgia moralizar o futebol.

Aré dá para sorrir o que vou escrevendo.

Ou seja seja, do rol inicial de 170 suspeitos ficaram, desde logo, excluídos a módica quantia de 140 da manada de arguidos.

Dentro do chamado processo do Apito Final, o qual, segundo Hermínio Loureiro, tais arguidos seriam o espelho da limpeza à moral e bons cotumes do Futebol, garantindo, a partir daí, a moralização do nosso futebol.

Só que dentro desses 30 arguidos, deixaram o peixe graúdo, o qual teria certamente meios para dar a volta à coisa, o que não aconteceria se se mantivessem os restantes 140.

Ou seja, tirando o Tripulha ter colocado elucidativas no Youtebe, para provar que os árbitros eram, de facto, asrrsnjados, todos ficaram a conhecer os ílicitos criminais e desportivos.

Com isto, o Boavista desceu por maioria de razão, teria descido o FC Porto.

É que nem sequer o Valentim Loureiro foi mímamente chateado, antes gozando com a situação.

Etiquetas: ,




Enviar link por e-mail

Imprimir artigo

Voltar à Página Inicial


Weblog Commenting and 
Trackback by HaloScan.com eXTReMe Tracker