Voltar à Página Inicial

O "amigo" do Porto



A gripe que inopidamente me bateu à porta e me tem retido em casa, tem-me obrigado, também, a prestar menor colaboração ao blogue que decidi fundar.
Pedi ao Pedro para me substituir hoje, mas distribuir panfetos eleitorais talvez seja prioridade mais elevada que a do Belenenses.
Sobre o jogo de ontem, não há quase nada a dizer.
Fomos mais uma vez escandalosamente roubados.
Fomos mais uma vez roubados por um árbitro que tarde ou cedo entrará no rol dos arguidos do Apito Dourado.
E fomos mais uma vez expoliados pelos "amigos da onça" do FC Porto.

Do tribunal de Gondomar

ao camarote presidencial do Restelo

Os tais que pagariam, diziam eles, uma percentagem pela transferência do César Peixoto.
Confesesso que tenho muitas dificuldades de perceber em relação a alguns sócios do Belenenses da razão pela qual o Porto é melhor que o Benfica e Sporting.
Não entendo porque é que +ara esse grupo de sócios o Porto é melhor que os outros dois, por mais que a minha racionalidade tente separar coisas que nos tempos de hoje nada valem.
Os valores dos dirigentes do Porto é ganhar e não impota como e a quem.
Se for preciso, compra-se o árbitro ou telefona-se para alguém que possa influenciar o árbitro.
Assim é que Pinto da Costa está constituído arguido no caso do Apito Dourado.
Tomara nós termos alguém arguido nesse processo, porque era sinal que já tinhamos ganho algo.
Mas não.
Não passamos duns pobres diabos a que só nos falta sermos reciclados por estes "cavalheiros" em "papel higiénico.
Sejam felizes.
Não há votos para candidatos amorfos e pendentes de lanches com esta gente.
Saudações Azuis



Enviar link por e-mail

Imprimir artigo

Voltar à Página Inicial


Weblog Commenting and 
Trackback by HaloScan.com eXTReMe Tracker